1. Aligator
  2. Blog
  3. SEO
  4. O que fazer toda vez que o Google anunciar mudanças no seu algoritmo?

O que fazer toda vez que o Google anunciar mudanças no seu algoritmo?

Quarta, 09 de maio de 2018

Certamente, você ouviu ou leu em algum lugar que o Google mudou o seu algoritmo de novo. O que essa mudança significa exatamente para o meu negócio? O que eu devo fazer?

Em primeiro lugar, o indicado é manter a calma, pois o Google muda dia após dia o seu algoritmo e o próprio buscador diz que faz isso com o objetivo de melhorar e/ou ajustar alguma coisa.

Ao longo de um ano, por exemplo, são feitas centenas de mudanças! Dá mais de uma por dia, pois o objetivo principal é prover e disponibilizar melhores resultados para o usuário.

Mudanças do Google sempre visam a melhoria para o usuário

O foco de toda mudança promovida pelo buscador é sempre trazer melhorias para o internauta! Algumas das alterações consideradas como drásticas no Google foram: Panda e Pinguim.

Essas duas modificações no algoritmo foram feitas na tentativa de tirar o privilégio e força de páginas que tentavam manipular o sistema do buscador que tratava especificamente da qualidade dos conteúdos e de conteúdos publicados e de links que eram criados de forma artificial.

Com o passar dos anos, o foco do Google foi diminuir esses problemas causados por profissionais da área de SEO e de quem faz spam na web para posicionar melhor a sua página.

Além do que diz respeito as mudanças estruturais do site, a primeira grande modificação foi o Chafing. Essa mudança no próprio Google foi feita para deixa-lo mais veloz na leitura das informações dos sites e disponibilizasse isso com a mesma velocidade para os usuários.

Foram promovidas ainda mudanças relacionadas aos dispositivos móveis fazendo com que a página fique mais rápida para carregar, pois essa era uma alteração que os usuários estão pedindo, tendo em vista que os acessos a partir de dispositivos móveis aumentaram de forma considerável.

Alterações do Google buscam a manutenção da segurança do usuário

Ao longo de um ano, a mudança que pode ser considerada como principal diz respeito aos sites chamados de seguros, pois são aqueles que fazem uso do https.

Isso está cada vez mais forte, por isso o Google como um todo tem tido iniciativas para fazer com que os webmasters apostem no https, ou seja, o protocolo considerado seguro manter as informações dos usuários mais seguras.

O https é uma mudança que os internautas estão pedindo, pois o que eles querem é segurança para navegar na web.

Como realmente saber se o Google mudou?

Primeiro passo, no Google Analytics, verifique o filtro “Busca Orgânica”. Ele dará o volume de acesso que o seu site está recebendo de forma orgânica. Para verificar se o site teve uma queda considerada significante, é preciso fazer uma análise. Fale com um consultor da Aligator.

Pegue os dias da semana anterior com os da atual ou com o mesmo período do ano anterior. Se a queda for de 60 a 70% no tráfego orgânico isso indica que existe um problema!

Para ter certeza, procure retirar os dados do Google Search Console, pois as informações se parecem muito com as obtidas por meio do Analytics. Se os dois apontarem queda, o problema pode estar na sua página ou na mudança que foi feita no Google.

No seu site, observe se não foram feitas mudanças nos títulos, nas urls, no conteúdo, se algo foi deletado. Caso haja alguma alteração antes, essa informação poderá impactar o seu tráfego orgânico, mas se nada foi feito, o indicado é verificar o servidor.

Por fim, essa oscilação do tráfego orgânico pode ter relação direta com alguma modificação! Tenha em mente que transformações drásticas a partir do algoritmo do Google são muito difíceis de acontecer, ok?

E, nada de apostar em estratégias que tentem burlar o Google, pois hora ou outra você será pego por algumas das atualizações promovidas!

Conheça o serviço de Otimização de Sites da Aligator.

voltar

Comentários